Identificação biométrica segue disponível nos cartórios eleitorais

Identificação biométrica segue disponível nos cartórios eleitorais

Está disponível o cadastramento biométrico em todo o Estado. O eleitor que procurar o cartório para solicitar o título pela primeira vez, fazer a transferência de domicílio eleitoral ou revisão de dados, fará a identificação biométrica, que inclui a coleta das digitais, além de fotografia e assinatura digital. Com um eleitorado expressivo, de 32 milhões de votantes, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) pretende cadastrar gradualmente os eleitores no novo sistema. Nessa fase o comparecimento não é obrigatório, mas quem se adiantar pode evitar transtornos no futuro, como filas e demora no atendimento, quando a biometria se tornar obrigatória.