Polícia Militar realiza trabalho junto com as escolas de Rio Preto

Polícia Militar realiza trabalho junto com as escolas de Rio Preto

Mais um menor de 17 anos foi apreendido, na fundação casa de Rio Preto, depois de ameaçar fazer um atentado na escola estadual Adhair Guimarães Fogaça. O menor divulgou um áudio, pelo WhatsApp, na sexta-feira, 22, onde dizia que a escola teria uma 'surpresinha' nesta segunda-feira, 25 de março. A diretoria regional de ensino de São José do Rio Preto informou que a direção da escola recebeu o áudio num grupo da escola e, sem saber da autoria, acionou a polícia militar.
Apesar de ser o segundo caso em Rio Preto, em uma semana, a secretaria da educação informou que as aulas na cidade não foram interrompidas.