Ambulância era usada como táxi para buscar drogas

Ambulância era usada como táxi para buscar drogas

O casal que transportava 30 gramas de maconha, segundo a polícia militar, se passava por pacientes e alegavam ir a Rio Preto para consultas médicas.
Estando em Rio Preto, o casal pegava a droga e voltava para Paulo de Faria, onde separavam o entorpecente e faziam o tráfico.
Depois de várias denúncias, a polícia conseguiu localizar a dupla. Veja a matéria.