Portadores de HIV de Presidente Prudente perdem benefício da gratuidade de passagem de ônibus

Portadores de HIV de Presidente Prudente  perdem benefício da gratuidade de passagem de ônibus

Defensoria Pública do estado de São Paulo, em Presidente Prudente, entrou com uma ação civil pública, pedindo a renovação das gratuidades do transporte urbano às pessoas portadoras do HIV, isso porque, uma lei municipal que dava direito ao passe gratuito deixou de valer e desde 2015 o benefício foi cortado
Tem portador deixando o tratamento por conta das despesas. Veja na matéria.