Criminosos usavam CPF de terceiros para cadastrar celulares.

Criminosos usavam CPF de terceiros para cadastrar celulares.

A Polícia Civil da região de Presidente Prudente indiciou mais de 100 pessoas por falsos registros de linhas de celular. Os criminosos estariam usando o CPF de terceiros, para cadastrar os celulares.
Esse levantamento se deu a partir de dados tirados de seis operações da Polícia Civil paulista, quase todas com envolvimento de integrantes de facção criminosa.