MP denuncia unidades de tratamento a dependentes químicos

MP denuncia unidades de tratamento a dependentes químicos

A atuação de centros terapêuticos como clínicas de recuperação de dependentes químicos, em Rio Preto, vem sendo investigada pelo Ministério Público. A justiça já determinou a adequação ou remoção, em até 30 dias, de pacientes internados em uma unidade de tratamento. Entre as irregularidades denunciadas estão a falta de licença e até maus tratos.
Outros centros que prestam o mesmo atendimento na cidade também estão na mira da promotoria.