Empresário pode ter sido morto por travesti

Empresário pode ter sido morto por travesti

A justiça decretou a previsão preventiva dos dois suspeitos de assassinar do empresário Breno Alexandre dos Santos, de 36 anos, em Rio Preto. O corpo dele foi encontrado ontem, dentro da casa onde morava. O crime teria acontecido depois que Breno bateu a caminhonete dele no carro de um dos travestis que estavam na residência com ele.