Estudo da Unesp mostra que ar de Rio Preto é altamente poluente

Estudo da Unesp mostra que ar de Rio Preto é altamente poluente

Um estudo da Unesp em parceria com a Universidade de Lisboa indicou concentração de poluentes acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde, em Rio Preto e apontou, também, ao menos, 10 tipos de elementos químicos altamente poluentes. Respirar um ar tão ruim pode causar diversos problemas de saúde à população como doenças respiratórias e até câncer.