Rede de integração é criada para discutir ações contra a violência doméstica

Rede de integração é criada para discutir ações contra a violência doméstica

Casos de violência doméstica e que terminam em assassinatos em Rio Preto ganha um importante apoio no sentido de oferecer ações para proteger as vítimas antes que o pior aconteça. Trata-se de uma rede de integração.
No estúdio do Balanço Geral, algumas dessas pessoas que se envolveram com essa integração explicaram melhor do que se trata. São representantes da Guarda Civil Municipal e a vereadora Karina Caroline que aprovou um projeto de lei chamado Patrulha Maria da Penha.