Esclarecimentos sobre o decreto da prefeitura de Rio Preto para o comércio foi o principal assunto da coletiva dessa manhã

Esclarecimentos sobre o decreto da prefeitura de Rio Preto para o comércio foi o principal assunto da coletiva dessa manhã

Esclarecimento sobre o decreto da prefeitura de Rio Preto para o comércio foi o principal assunto da coletiva dessa manhã

A coletiva de imprensa da prefeitura de Rio Preto, na manhã dessa quarta-feira, entre outros assuntos, esclareceu, principalmente, dúvidas sobre o decreto para o funcionamento do comércio da cidade.
Miriam Wowk, gerente da Vigilância Sanitária, foi quem esclareceu as dúvidas sobre o decreto, que traz flexibiliza , por exemplo, cultos religiosos, desde que as pessoas mantenham o distanciamento indicado de 1 metro e meio.
Feiras livres e Mercadão Municipal poderão funcionar, desde que não exista consumo de alimentos no local e mantenha-se o distanciamento indicado entre as pessoas e também a higienização indicada para esse tipo de comércio.
Sorveterias e comércio de doces não são considerados essenciais e está proibido ficarem abertos.
Para os comércios com autorização de funcionamento, foram reforçadas, durante a coletiva, as regras que indica a entrada de apenas uma pessoa por vez, e que é o comércio o responsável por demarcar o chão com o distanciamento entre as pessoas.
No pronunciamento do secretário de saúde de Rio Preto, Aldenis Borim, foi divulgado o resultado de uma pesquisa da Unesp, que indica as 13 cidades com maior risco de contaminação do Coronavírus. E ,segundo a pesquisa, Rio Preto está entre as 13 cidades com maior risco de contaminação. Por essa razão, Aldenis reforçou o pedido de que a população cumpra corretamente a orientação do isolamento social.

Esclarecimentos sobre o decreto da prefeitura de Rio Preto para o comércio foi o principal assunto da coletiva dessa manhã