Inadimplência aumentou com a pandemia do coronavírus

Inadimplência aumentou com a pandemia do coronavírus

Os reflexos causados pela pandemia de coronavírus, na economia parecem estar começando a aparecer. Em agosto, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens e Turismo, a inadimplência chegou a 67,5%, o maior da série histórica do país, que passou a ser medida em 2010. Segundo um levantamento feito pela Acirp, em setembro, o número de endividados em Rio Preto foi 60% maior, comparado à 2019.