Prefeito de Palestina é preso em operação do Gaeco

Prefeito de Palestina é preso em operação do Gaeco

O Gaeco, com o apoio do Baep, realizou uma operação contra o desvio de verba pública, que era destinada para a compra de respiradores. Foram presos o prefeito de Palestina, o advogado dele e servidores públicos da cidade. Segundo o Ministério Público, o grupo teria desviado mais de R$ 8 milhões.