São Paulo endurece medidas restritivas em todo o Estado

São Paulo endurece medidas restritivas em todo o Estado

Paulo Menezes, coordenador do Centro de contingáncia do estado de São Paulo, anunciou durante a coletiva de imprensa desta quinta-feira(11), medidas ainda mais duras da fase vermelha de flexibilização no estado de São Paulo para tentar conter a disseminação da Covid-19.
Principais restrições:

Passa a ser proibida a retirada de produtos em todos os setores, estando autorizado apenas o serviço de entrega delivery 24 horas ou drive thru;
Restrição completa de funcionamento das lojas de materiais de construção;
Proibição de atividades esportivas coletivas, assim como as celebrações religiosas coletivas;
Suspensão de entrega de alimentos e produtos nos estabelecimentos comerciais;

Espera-se que as medidas retirem até 4 milhàµes de pessoas de circulação, aumentando o índice de isolamento social.
A previsão é de que as regras adicionais sigam por pelo menos por 15 dias.
O toque de recolher vale das 20h à s 5h.
Também estão proibidos:

O uso de praias e parques;
Qualquer tipo de aglomeração;

Já o uso de máscara fica recomendado, inclusive, para encontros familiares. As denúncias de descumprimento das medidas podem ser feitas pelo telefone: 0800 771 3541

Jean Gorinchteyn, secretário da Saúde do Estado, recomendou aos empregadores o escalonamento unificado do horário de entrada dos funcionários por setor.
Indústria: das 5h à s 7h
Serviços: das 7h à s 9h
Comércio: das 9h à s 11h
Segundo o secretário, essas medidas foram adotadas em outros países e podem ajudar a reduzir a aglomeração no transporte público.

São Paulo endurece medidas restritivas em todo o Estado