Médico volta para a prisão por desvio de verbas na saúde

Médico volta para a prisão por desvio de verbas na saúde

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, revogou o habeas corpus do médico Lauro Henrique Fusco Marinho. Ele é investigado na Operação Raio X. A ordem de prisão foi cumprida na manhã de segunda-feira, 7 de junho, em Birigui, onde ele estava em prisão domiciliar.