Dívida de empresa contratada para prestar serviços na área da educação pode ficar para a prefeitura

Dívida de empresa contratada para prestar serviços na área da educação pode ficar para a prefeitura

Quatro meses sem salários e dívidas rescisórias recebidas em desacordo com a legislação. Estas são algumas das irregularidades questionadas na justiça por ex-funcionários de uma empresa contratada pela Prefeitura de Rio Preto para prestar serviços na área de educação. A terceirizada também é um dos alvos da comissão especial de inquérito na Câmara. Detalhe: toda a dívida trabalhista contraída por ela pode sobrar para a prefeitura pagar.